sexta-feira, 13 de julho de 2012

Qual o sentido da vida?

Richard Jakubaszko
A dúvida filosófica me foi enviada pela doutorinha lá de casa, a caçula Daniela, e chegou por e-mail, em forma de link para um vídeo postado no Youtube. Reproduzo abaixo para deleite e aprendizado dos visitantes deste blog.

As respostas ao questionamento "Qual o sentido da vida?" são dadas por dezenas de pessoas de todas as raças, cores e religiões, algumas de culturas exóticas para nós, em entrevistas relâmpagos, demonstrando que a questão levantada pelos gregos há mais de 3 mil anos (Quem somos? De onde viemos? Para onde vamos? O que fazemos aqui?) ainda não tiveram respostas definitivas, algumas, talvez, parciais. É interessante observar o mosaico de ideias e sentimentos que se assiste neste vídeo para responder à simples pergunta: "Qual o sentido da vida?". Cada um tem suas respostas, nem sempre convincentes, alguns, aparentemente, foram pegos de surpresa, outros, jamais pensaram sobre o assunto, e nem nunca imaginaram que podem morrer a qualquer momento, pois acreditam-se eternos. Alguns entrevistados já refletiram a respeito e têm as suas explicações. Daí temos uma riqueza de múltiplas opiniões que merece ser analisada, apesar de sabermos que a certeza não existirá se não estiver apoiada pela fé. São respostas simples, ou arrogantes, humildes, criativas, racionais, simplórias, questionadoras, bem humoradas e até filosóficas, como convém à pergunta feita. 

O vídeo, com cerca de 20 minutos, possivelmente levará o espectador à reflexão sobre o tema, o que vejo positivo para quem nunca pensa a respeito.

De minha parte, diria que o sentido de viver é aprender e repartir esse aprendizado. Diria que é trocar sentimentos, é lutar pela vida, é fazer o melhor que achamos que deve ser feito, e que podemos fazer, dentro de nossas limitações, evidentemente. Ou, melhor ainda, o sentido da própria vida nós é quem damos, pelo menos para a nossa vida.
Quem desejar pode manifestar sua opinião nos comentários. Daria um bom debate. Desejo um bom tempo com esse vídeo, e também bons pensamentos!

.

4 comentários:

  1. O sentido da vida: acho que, por mais sinuoso caminho, nunca perder a esperança. Seguir sempre em frente, aprender e passar adiante o que se aprendeu.

    ResponderExcluir
  2. José Carlos de Arruda Corazza, BH15 de julho de 2012 15:06

    Richard,
    muito legal, bem construtivo, gostei do seu "sentido de vida", tem um sentido prático, mas tem algo de ser humano, de gente que está numa de suas últimas reencarnações, mais ensinando do que aprendendo. Não estou chamando vc de espírito velho ou antigo, mas experiente...
    abs
    José Carlos A. Corazza

    ResponderExcluir
  3. aqui comigo penso qual o sentido da vida para quem pensa que "do pó viemos, ao pó voltaremos". Caso não haja continuidade, seria uma enorme ironia...

    ResponderExcluir
  4. Eu amo os indios .....o sentido da vida e amar e crescer com a paz de cada um de nós. ...♥♥♥

    ResponderExcluir

Obrigado por participar, aguarde publicação de seu comentário.
Não publico ofensas pessoais e termos pejorativos. Não publico comentários de anônimos.
Registre seu nome / cidade na mensagem. Depois de digitar seu comentário clique na flechinha da janela "Comentar como", e escolha "nome/URL"; na janela que vai abrir digite seu nome.
Se vc possui blog digite o endereço (link) completo na linha do URL, caso contrário deixe em branco.
Depois, clique em "publicar".
Se tiver gmail escolha "Google", pois o sistema Google vai pedir a sua senha e autenticar o envio.