domingo, 20 de abril de 2014

Da paixão

Celso Marangoni *


Da paixão
Nesta Sexta da Paixão,
minha cara amiga vou
pensando na nossa conversa
-a vida é só um segredo
que a própria vida dispersa-
sofrer não é o que todos
pensam ser esta passagem.

Sofrer é só uma aula,
um vento, uma serragem,
que nos aprende e ensina.
Um eterno reacender
que ao apagar, se ilumina.

Tal como o Cristo de ontem,
ainda hoje é sua cruz,
pregado junto com a gente
e mudando gente em Luz.

É assim que eu vejo, amiga,
este momento de agora:
- nem chocolate, nem coelho...
a Páscoa é uma nova aurora
que só Deus sabe onde nasce,
por isso ainda sangra o vinho
na tua e na minha face,
do Cristo envolto no linho
que em cada ser se renasce
e enxuga no Seu manto
a tua e a minha lágrima.

Só de homem, não de santo!
Pois, se a cruz é só uma escada
e a morte não é partida,
onde quer que a gente vá
só há de encontrar a vida.


* O autor é linguista, poeta e pintor, e um temente ao Criador.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar, aguarde publicação de seu comentário.
Não publico ofensas pessoais e termos pejorativos. Não publico comentários de anônimos.
Registre seu nome / cidade na mensagem. Depois de digitar seu comentário clique na flechinha da janela "Comentar como", e escolha "nome/URL"; na janela que vai abrir digite seu nome.
Se vc possui blog digite o endereço (link) completo na linha do URL, caso contrário deixe em branco.
Depois, clique em "publicar".
Se tiver gmail escolha "Google", pois o sistema Google vai pedir a sua senha e autenticar o envio.