quarta-feira, 2 de abril de 2014

Mesada com multas...

Richard Jakubaszko  
Um pai adotou o sistema convencional de dar mesadas de R$ 50,00 a cada um dos filhos pequenos, ambos em idade escolar, aparentemente ainda no estudo elementar. Este pai, que também é um juiz, descobriu uma "fórmula" para castigar as crianças por "comportamentos inadequados", e pequenas travessuras ou malcriações recebiam multas, descontadas do valor mensal das mesadas, conforme a tabela abaixo.

Não consta nenhuma informação se havia prêmios de aumentos de mesada se as crianças, por acaso, não tivessem cometido nenhum escorregão "multável" a cada mês.

Evidentemente que o sistema de pontuação e de multas tem pontos positivos e negativos, mais positivos do que negativos, dependendo do caráter e da personalidade das crianças, especialmente do ponto de vista psicológico e também do educacional. É que nenhum pai, ou mãe, nasce com um manual de instruções de como criar filhos, né não? Cada caso é um caso...

No caso abaixo, o moleque reduziu quase à metade o valor da mesada. O problema, em minha opinião, como pai e avô, não está no valor das multas (que é muito pequeno em relação às contravenções), mas no distanciamento que pode criar entre as crianças e os pais, justamente numa idade em que os pais são tudo para eles. Ir para a cama dos pais, de madrugada, por medo, por exemplo, e receber R$ 0,25 de multa, tem valor pecuniário insignificante, mas pode causar um trauma psicológico incomensurável, com possíveis reflexos na vida adulta e de como esse adulto vai transacionar com outras pessoas, sempre pensando em perdas e danos.
Para pensar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar, aguarde publicação de seu comentário.
Não publico ofensas pessoais e termos pejorativos. Não publico comentários de anônimos.
Registre seu nome / cidade na mensagem. Depois de digitar seu comentário clique na flechinha da janela "Comentar como", e escolha "nome/URL"; na janela que vai abrir digite seu nome.
Se vc possui blog digite o endereço (link) completo na linha do URL, caso contrário deixe em branco.
Depois, clique em "publicar".
Se tiver gmail escolha "Google", pois o sistema Google vai pedir a sua senha e autenticar o envio.