segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Agro DBO: não ao desperdício.

Richard Jakubaszko 
Agro DBO deste mês traz conteúdo editorial para todos os tipos de interesses dos leitores, sejam pessimistas ou otimistas, a começar pela matéria de capa, “Manejo a conta-gotas”, em trabalho do jornalista José Maria Tomazela, que foi investigar a criatividade de alguns agricultores no uso econômico da água para irrigação em tempos de crise hídrica. E Amílcar Centeno revela a racionalidade da opção pelo uso da irrigação, como o único caminho para enfrentar a falta de chuvas.
Ainda em tempos de instabilidade climática, quando chove de menos ou de forma irregular nas regiões onde se processam as semeaduras da safra de verão 2014/15, a jornalista Marianna Peres nos relata na matéria “Soja noturna” a estratégia do plantio durante a noite, com uso da tecnologia da agricultura de precisão, para recuperar os dias perdidos na espera das chuvas que atrasaram, e tentar, simultaneamente, minimizar problemas óbvios que desde já podem ser previstos, seja para a colheita da atual safra e o plantio da segunda safra, que, já se sabe, também vai atrasar. Ao mesmo tempo, cada agricultor com suas características, a certeza da presença indiretamente estimulada das pragas e doenças, seja na safra de verão, seja na safrinha, justamente por causa dos atrasos no plantio de agora, involuntário, é verdade, mas que coloca a perspectiva de incertezas e de problemas futuros, até mesmo na logística.

No artigo “Uma nova fronteira agrícola?” Evaristo de Miranda antecipa que a proibição de queimadas na cana-de-açúcar no estado de São Paulo, a partir de 2017, vai colocar cerca de 350 mil hectares de terras férteis e agricultadas disponíveis para serem reutilizados em outras atividades.
Daniel Glat avalia o futuro comportamento do mercado de sementes, especialmente de soja, que vai receber novos lançamentos, vai ficar mais competitivo e, espera-se, mais favorável aos agricultores.
Decio Gazzoni nos mostra que o controle eficiente de pragas e doenças, obrigatoriamente, deve passar pelo conhecimento prévio de como esses inimigos se propagam.

Agro DBO é assim, tem paixão por agricultura. Analisamos informações, fatos e tendências, tudo isso feito por especialistas, para manter o leitor bem informado. Envaidece-nos poder afirmar que, assim como as modernas tecnologias de plantio e colheita, conteúdo jornalístico de boa qualidade é essencial, condição sine qua non de sobrevivência e competitividade. Por isso, assinar Agro DBO é vital para você se atualizar e participar, pari passu, com o que há de mais importante no mundo moderno.
Fique bem informado, é um direito seu: assine Agro DBO. Ligue 0800-110618 A ligação é por conta da gente.

Aos que desejarem manifestar suas opiniões, sugerimos enviar e-mail para redacao@agrodbo.com.br


Você poderá ler a edição na íntegra em www.agrodbo.com.br
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar, aguarde publicação de seu comentário.
Não publico ofensas pessoais e termos pejorativos. Não publico comentários de anônimos.
Registre seu nome / cidade na mensagem. Depois de digitar seu comentário clique na flechinha da janela "Comentar como", e escolha "nome/URL"; na janela que vai abrir digite seu nome.
Se vc possui blog digite o endereço (link) completo na linha do URL, caso contrário deixe em branco.
Depois, clique em "publicar".
Se tiver gmail escolha "Google", pois o sistema Google vai pedir a sua senha e autenticar o envio.