domingo, 24 de janeiro de 2016

Nevascas nos EUA? São as mudanças climáticas...

Richard Jakubaszko 
Serão as piores nevascas nos EUA desde 1922, e devem quebrar o recorde de 71 cm de neve acumulada naquele ano. De Nebraska a Nova York, tudo branco. Os governantes locais pedem à população que não saia de casa. O abastecimento já começa a ser sentido nos supermercados. Milhares de voos foram cancelados.
Mas se a gente comenta isso com aquecimentistas, e pergunta o que foi feito do tal aquecimento, eles dizem que "são as mudanças climáticas".
Retruquei com um deles: mas essas mudanças climáticas não iriam esquentar tudo? Derreter os polos, e elevar o nível dos mares?
Me disse, cheio de certezas definitivas, o idiota do apocalipse, que "mudanças climáticas são eventos extremos, causados pelo homem, para frio ou quente"...
Só que desta vez esfriou...
No Japão, a coisa tá pior... Anda nevando por lá desde o Natal, sem parar...
Sejamos compreensíveis com essa gente. Isso passa.



6 comentários:

  1. Certamente são Mudanças climáticas. Evolução, sem dúvida. A terra como os demais planetas e tudo que se move no Universo está mudando. São 14 bilhões de anos luz num espaço que não terá fim. Richard, qualquer projeção humana para uma década, segundo craques da estatística, só tem 10% de chance de concretizar. Você e o Decio Gazzoni sabem disso. Mas, estamos transitando nessa imensidão. Vamos ajudar aqueles que pensam diferente. Até porque eles podem ter razão! Todos só temos esse pequeno barco chamado terra.
    Derli

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Derli,
      a encrenca é por aí, como vc diz: "Até porque eles podem ter razão!". Não é verdade, eles nem têm uma teoria, é só uma hipótese, que as nevascas, por exemplo, desmentem, e em cima disso eles pretendem leis e regulamentos, proibições, fazer a humanidade voltar ao tempo das cavernas. A FAO (Clube de Roma) tem pronto, desde os anos 1970, o "Decrescimento". É o malthusianismo em ação...
      Agora, querem nos vender energia nuclear, e as eólicas e solares, todas mais caras que as nossas hidroelétricas. Não precisamos disso. Fora as energias querem nos surrupiar a Amazônia, torná-la uma área ecológica internacional.
      Não concordo!
      Também sou ambientalista, acho que o movimento foi bom para conscientizar a população mundial, especialmente sobre poluição, não tenhamos dúvidas, mas o que querem nos vender agora é muito caro, e, repito, não precisamos de energia nuclear. Tudo isso abordei no livro "CO2 aquecimento e mudanças climáticas: estão nos enganando?". Aqui os aproveitadores nos vendem sacolinhas, lá fora o calibre do canhão é maior e mais caro...
      abs
      Richard

      Excluir
  2. Meu caro Richard, quem cursa Geografia (e eu cursei) sabe que mudanças climáticas não ocorrem em algumas décadas. Eras demandam milhares de anos. Em vez de aquecimento, sabe lá se não marchamos para uma nova glaciação?

    ResponderExcluir
  3. Lorenzo Facchini - Itália25 de janeiro de 2016 07:37

    Muito Obrigado Richard, o seu blog è sempre muito interessante e o seu livro muito mais! Ainda li só uma pequena parte dele, mas continuo!) Não sei quando, mas vou acaba-lo com certeza! Interessa-me muito este tema sobre as mudanças climáticas! Voce está bem ?
    Um abraço
    Lorenzo

    RESPOSTA DO BLOGUEIRO:
    obrigado, Lorenzo, seu português está ótimo!

    ResponderExcluir
  4. Caro Richard:

    Como debatedor nesse espinhoso campo das mudanças climáticas, você bem sabe que não há quantidade de argumentos suficientes para convencer os seguidores do "aquecimentismo". Para eles, toda e qualquer manifestação de eventos meteorológicos extremos, sejam temperaturas altas ou baixas, grandes nevascas ou falta delas, menos gelo ou mais gelo e uma pletora de etc., são consideradas manifestações das "mudanças climáticas" (o que é até pleonástico, pois a mudança é o estado "natural" do clima, como sabemos). Assim sendo, é evidente que a nevasca nos EUA também é outra "evidência" da influência humana no clima global, e não adianta se empenhar em demonstrar o contrário. Não são precisos mais que cinco minutos para se demonstrar que não há qualquer evidência física observada no mundo real, de que as oscilações de temperaturas atmosféricas e oceânicas e de níveis do mar observadas desde a Revolução Industrial do século XVIII sejam anômalas, em relação às ocorridas anteriormente, no passado histórico e geológico. Mas, quem quer saber disto, em vista dos muitos trilhões de dólares previstos para os mercados de carbono, nos próximos anos? Enfim, sigamos combatendo o bom combate.

    Um forte abraço deste

    Geraldo Luís Lino

    ResponderExcluir
  5. Para os aquecimentistas, tudo é causado pelo dito "aquecimento global". Se esfria, é o aquecimento, se esquenta, culpa do aquecimento, se não muda nada, culpa das mudanças climáticas causadas pelo homem que paralisaram o ciclo da Terra. Poxa, assim é fácil explicar tudo... até eu poderia fazer isso desse jeito.
    Outra coisa que eu observo é que tudo é dito dessa maneira: "essa foi a pior nevasca dos últimos 80 anos...; essa foi a pior seca dos últimos 40..." ...ou seja, eles mesmos admitem que algo parecido ou até pior ja aconteceu antes... só que a Terra não tem 100 anos de idade. Para eles parece que tudo so está acontecendo agora, antes nada existia, hahah... isso é uma piada mesmo né?
    Abracos
    Alceu Mendes

    ResponderExcluir

Obrigado por participar, aguarde publicação de seu comentário.
Não publico ofensas pessoais e termos pejorativos. Não publico comentários de anônimos.
Registre seu nome / cidade na mensagem. Depois de digitar seu comentário clique na flechinha da janela "Comentar como", e escolha "nome/URL"; na janela que vai abrir digite seu nome.
Se vc possui blog digite o endereço (link) completo na linha do URL, caso contrário deixe em branco.
Depois, clique em "publicar".
Se tiver gmail escolha "Google", pois o sistema Google vai pedir a sua senha e autenticar o envio.