quarta-feira, 25 de maio de 2016

O negócio é não brincar com os velhos

Richard Jakubaszko

Recebi por e-mail a fantástica história do velho médico, enviada pelo amigo Hélio Casale, engenheiro agrônomo e cafeicultor da velha gema, e que abaixo reproduzo para seu deleite:



O velho médico, e o jovem. FANTÁSTICO!


É triste ver que muitas pessoas em gerações mais jovens não parecem mostrar respeito pelos idosos. Não é que falta respeito, é que falta-lhes, insultuosamente, remover o valor da experiência em nossa sociedade, por isso ignoramos seus pontos de vista, ou não os levamos a sério. Não foi sempre assim. Na verdade, muitas culturas africanas e asiáticas tendem a reverenciar os idosos devido a profundidade de sua experiência de vida e sabedoria. Isso contrasta com algumas culturas ocidentais, onde aqueles da velhice são vistos como uma coisa ruim ou de coisas antigas e ultrapassadas. Os jovens desta história, que têm viralizado em redes sociais, estão prestes a aprenderem uma lição sobre respeito para os mais velhos.


Esta é a história:


Um velho médico estava muito entediado depois de ter sido aposentado, então decidiu abrir um novo consultório. Ele colocou um cartaz exterior que dizia: "Doutor Martínez. Faço o seu tratamento por US$ 500 e se não curar você receberá US$ 1.000 de recompensa". 
Vizinho no bairro estava o médico Lozano, um jovem médico que desacreditava que este pedaço de "velho" poderia saber tudo da medicina, então ele decidiu ir, para ganhar 1.000 dólares de recompensa e foi consultá-lo.


Foi assim, a consulta:



Dr. Lozano: "médico Martínez, perdi todo meu gosto da boca. Você poderia me ajudar?"

Doutor Martínez: "enfermeira, por favor traga o medicamento da caixa 22 e dá-lhe três gotas na boca deste senhor".

Dr. Lozano: "Eca! Mas isso é gasolina!."

Dr. Martinez: "Parabéns! Você recuperou assim seu gosto na boca. São US$ 500".


Dr. Lozano retirou-se muito irritado pelo truque do seu colega mais velho e decidiu voltar alguns dias mais tarde para recuperar o seu dinheiro.


Dr. Lozano: "Eu perdi minha memória. Eu não me lembro de nada".

Doutor Martínez: enfermeira, por favor traga o medicamento da caixa 22 e dá-lhe três gotas na boca do paciente.

Doutor Lozano: "Bah! Não faça isso! É a gasolina".

Dr. Martinez: "Parabéns! Vejo que recuperou sua memória. São US$ 500, por favor".


Novamente Dr. Lozano deixou muito zangado a consulta de Martinez, tendo perdido um mil dólares. Mas ele era tão teimoso que decidiu voltar uma semana depois para recuperar todo o seu dinheiro.


Dr. Lozano: "minha visão tornou-se muito fraca. Como eu posso ver um pouco mais e melhor!"

Doutor Martínez: "Desculpe, mas tenho não nenhum medicamento para isso. Então aqui você tem seus 1000 dólares de retorno” (e dá ao Dr Lozano em vez de US$ 1.000 uma nota de US$ 10 dólares).

Dr. Lozano: "mas isto é apenas US$ 10!"

Dr. Martinez: "Parabéns! Recuperou a visão. São US$ 500".



Moral da história: não é porque você é jovem que significa que você pode enganar um velho.

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar, aguarde publicação de seu comentário.
Não publico ofensas pessoais e termos pejorativos. Não publico comentários de anônimos.
Registre seu nome / cidade na mensagem. Depois de digitar seu comentário clique na flechinha da janela "Comentar como", e escolha "nome/URL"; na janela que vai abrir digite seu nome.
Se vc possui blog digite o endereço (link) completo na linha do URL, caso contrário deixe em branco.
Depois, clique em "publicar".
Se tiver gmail escolha "Google", pois o sistema Google vai pedir a sua senha e autenticar o envio.