quinta-feira, 19 de maio de 2016

Resposta urgente à ministra Rosa Weber

Richard Jakubaszko 
Ministra Rosa Weber, acredite, não há nenhuma ironia, a presidente Dilma Rousseff deveria responder-lhe, diante do seu questionamento público, que o impeachment é um golpe, porque "a literatura assim o permite".

Ministra, a senhora está reescrevendo história por vias tortas, a grande noite de São Bartolomeu foi uma pendenga entre católicos e protestantes, e enterrou definitivamente o que o Vaticano tinha de credibilidade entre os fiéis.

Só haverá justiça em seu questionamento se houver intenção de julgar o mérito desse impeachment golpista, com todo o rigor jurídico que o caso requer.

Talvez o Brasil possa então voltar a ser respeitado mundo afora.
Fora isso, ministra, é hipocrisia de golpista de não querer ser chamado de golpista.
.

4 comentários:

  1. É impressionante como a história vai e volta. Talvez porque o passado espera pela oportunidade de tentar atropelar o presente. Todavia, ao estudarmos a História de vários períodos vemos que a liberdade sempre avança, a modernidade se moderniza e aqueles que ficaram ultrapassados e quiseram voltar atrás são esquecidos ou malditos. Vitor Hugo antecipou o que seria quando afirmou que o século dele era grande e forte e que um nobre instinto o conduzia e por todo lado a ideia marchava em missão. Não será diferente agora. O futuro pertence aos jovens. Mais alguns anos e dona Weber não estará por aqui.

    ResponderExcluir
  2. Uma maquinação que transcende o racional. Por que uma ministra do supremo inquire a Presidenta? Se houvesse lógica no questionamento, seria uma pergunta do Presidente do Supremo. Dá a entender que é uma ação conjunta, de vários matizes, com o objetivo explícito de voltar ao que era bom,"você sabe com quem está falando?". A colônia sendo conduzida à sua histórica e indelével condição. Às favas os escrúpulos!

    ResponderExcluir
  3. Excelente! Parabéns! Na verdade o Stf é quem deve explicações ao povo brasileiro.

    ResponderExcluir
  4. Excelente! Parabéns! Na verdade o Stf é quem deve explicações ao povo brasileiro.

    ResponderExcluir

Obrigado por participar, aguarde publicação de seu comentário.
Não publico ofensas pessoais e termos pejorativos. Não publico comentários de anônimos.
Registre seu nome / cidade na mensagem. Depois de digitar seu comentário clique na flechinha da janela "Comentar como", e escolha "nome/URL"; na janela que vai abrir digite seu nome.
Se vc possui blog digite o endereço (link) completo na linha do URL, caso contrário deixe em branco.
Depois, clique em "publicar".
Se tiver gmail escolha "Google", pois o sistema Google vai pedir a sua senha e autenticar o envio.