sábado, 6 de agosto de 2016

Fernando Penteado Cardoso, 102 anos, pensando no futuro.

Richard Jakubaszko
Com enorme alegria entrevistei o engenheiro agrônomo Fernando Penteado Cardoso para o Portal DBO. 
Com uma memória extraordinária o Dr. Fernando, aos 102 anos de idade, a serem completados em setembro próximo, discorre sobre fatos do passado, cita datas e nomes, e não se perde nos comentários mesmo com raciocínios mais complexos. E ainda reclama que hoje em dia não se fala e nem se projeta o futuro...
Vale a pena assistir a entrevista com ele. É lição de vida na veia jugular.

.

7 comentários:

  1. Richard,
    excelente entrevista e pontos muito lucidos sobre o futuro. E tanto para aqueles privilegiados com a longevidade do Dr Cardoso como para aqueles que quiserem aprender como cultivar a longevidade com qualidade de vida, recomendo as palestras e entrevistas do Dr Joel Wallach.
    SDS
    Gerson Machado
    ===
    --https://www.youtube.com/watch?v=GGbt7JiH-Eg
    Dr Joel Wallach on living healthy past 100! LFHC Ketosis & Essential Nutrition Youngevity
    Published on 21 Apr 2015

    Ever wondered how people in 3rd world countries manage to live long health lives well ove 100 years old? Dr. Joel Wallach studied the longest living cultures in the world and this is what he found. The longest lived people eat Low Carb High Fat diets (LCHF) and are blessed with mineral rich land and water. Dr. Wallach has worked to make it possible for us to benefit from high quality plant derived minerals through Youngevity. I am on a Ketogenic (Keto) diet and I get my 90 essential nutrients from Youngevity via the Health Start pak. I have never felt better!

    colaorganicsolutions.youngevity.com

    ourhealthwealthconnection.com
    ===

    --http://www.kingmaker.net/healthierlonger.html
    "A Healthier & Longer Life" Questions & Answers with Dr. Joel D. Wallach, B.S., D.V.M., N.D. author of "Dead Doctors Don't Lie".

    ===

    --http://www.american-longevity.com/wallachinterview.html
    American Longevity INTERVIEW WITH DR. JOEL WALLACH
    Dr. Joel Wallach, B.S., D.V.M., N.D., is the author of numerous scientific articles, several books, and the audio cassette, "Dead Doctors Don't Lie." He is regularly featured on radio and television, and gives lectures across the country. Wallach was the recipient of the 1988 Wooster Beach Gold Medal Award for breakthroughs in understanding the cause of Cystic Fibrosis, and was a 1991 Nobel Prize Nominee in Medicine.

    ===

    ResponderExcluir
  2. Richard esse senhor é Professor com P MAIÚSCULO.
    Parabéns pela entrevista.
    Outro assunto: pra que tanto índio na abertura das Olimpíadas? E o meio ambiente? Nunca vi tanta porcaria.
    abraços
    CV

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Viacava, pois vai piorar...
      Leia na Agro DBO deste mês de agosto o mapa cartográfico de Roraima: descontadas áreas de floresta, áreas de APPs, de reserva ambiental, e poucas áreas urbanas, o estado tem 5% para agropecuária. Serão eternos importadores de alimentos.
      E depois do Acordo Ambiental comprometido na COP21 e na ONU, prepare-se pra mudar de profissão.
      Eu avisei, tá no meu livro, o CO2 aquecimento e mudanças climáticas.

      Excluir
    2. A coisa tá feia. Richard voltando à abertura das olimpíadas onde o tema foi índio e floresta, lembraram da descoberta, da escravatura, e dos imigrantes árabes e japoneses. Esqueceram da imigração italiana e alemã, do ciclo do café e da indústria paulista criada pelos italianos. Foi ua festa típica carioca.

      Excluir
    3. Viacava,
      minha mulher, que é oriundi, pois os 4 nonos dela foram importados de várias regiões da Itália, reclamou também da má lembrança dos cariocas, e faltou a lembrança dos alemães, o ciclo da borracha. Espero que recuperemos isso em medalhas...

      Excluir
  3. Ele é fantástico!

    ResponderExcluir
  4. Parabéns Richard... excelente
    abs
    Tejon

    ResponderExcluir

Obrigado por participar, aguarde publicação de seu comentário.
Não publico ofensas pessoais e termos pejorativos. Não publico comentários de anônimos.
Registre seu nome / cidade na mensagem. Depois de digitar seu comentário clique na flechinha da janela "Comentar como", e escolha "nome/URL"; na janela que vai abrir digite seu nome.
Se vc possui blog digite o endereço (link) completo na linha do URL, caso contrário deixe em branco.
Depois, clique em "publicar".
Se tiver gmail escolha "Google", pois o sistema Google vai pedir a sua senha e autenticar o envio.