quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

A natureza é pura arte

Richard Jakubaszko
Quando a natureza se confunde com a arte.
À primeira vista parece o desenho de uma criança que usou todos os lápis de uma caixa de lápis de cor. Longe de ser o caderno de uma criança isto é, de fato, o Norte da Holanda, antes do verão europeu, onde mais de 10 mil hectares são dedicados ao cultivo de lindíssimas flores, delicadas, como a Tulipa, que é predominante. A paisagem holandesa em maio é um caleidoscópio
vertiginoso de cores com as tulipas estourando em vida.

Os bulbos foram plantados no final de outubro e início de novembro. Estas criações coloridas estão agora prontas para serem colhidas e vendidas em floriculturas e supermercados. 
Mais de três bilhões de tulipas são plantadas a cada ano na Holanda e dois terços das flores são exportadas, principalmente para os EUA e Alemanha. 
Os maiores campos de tulipas na Holanda podem ser encontrados nos "jardins" rurais de Keukenhof.

Plantadas ao ar livre, ou em estufas, são uma das principais fontes de renda da moderna e tecnológica agricultura holandesa.
É um espetáculo maravilhoso da natureza orientada pelas mãos dos homens, em fotografias selecionadas para os leitores deste blog.
(Se desejar ampliar a foto clique em cima da mesma, e se aparecer uma lupa com o sinal + dentro da lupa, clique e terá mais uma ampliação. A maioria das fotos apresenta este recurso. Para voltar ao blog clique na flecha de "página anterior", no campo superior esquerdo)












Repare o leitor a quase ausência de árvores (exceto na última foto, que é um jardim urbano), o que indicaria a necessidade de a Holanda ter também um Código Florestal, digamos um pouco mais light do que o brasileiro. A Europa preservou apenas 0,3% da sua mata natural. 
Eles, entretanto, são inteligentes, preferiram implantar ONGs e exportam "serviços" para o mundo inteiro, por exemplo a ONG GreenPeace - você sabia? - tem sede em Amsterdam, e na verdade é uma empresa com registro na junta comercial da cidade. Sobrevive de doações de empresas sem "nenhum interesse na agricultura", gente interessada apenas na biodiversidade e na sustentabilidade da humanidade. 
Mas isso é outra conversa, é um "papo cabeça" e muito comprido, para outros momentos. Prometo voltar ao assunto dentro em breve.
_

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar, aguarde publicação de seu comentário.
Não publico ofensas pessoais e termos pejorativos. Não publico comentários de anônimos.
Registre seu nome / cidade na mensagem. Depois de digitar seu comentário clique na flechinha da janela "Comentar como", no "Selecionar perfil' e escolha "nome/URL"; na janela que vai abrir digite seu nome.
Se vc possui blog digite o endereço (link) completo na linha do URL, caso contrário deixe em branco.
Depois, clique em "publicar".
Se tiver gmail escolha "Google", pois o sistema Google vai pedir a sua senha e autenticar o envio.