sábado, 25 de fevereiro de 2012

Fumo, modismo politicamente correto.

Richard Jakubaszko
São impressionantes e avassaladores os modismos no mundo contemporâneo, alguns deles medíocres ou infantis. Brotam do nada, são adotados pela mídia e entram no dia a dia das pessoas. Viram lugar comum, sem que as pessoas percebam. É o princípio do pensamento único. O fumo é um desses modismos, como se fosse o maior dos males que nos afligem... 
Todo dia, após o almoço, pito um palheiro na calçada, algumas pessoas chegam até mim e ameaçam, o "cigarro faz mal, pode matar". 
Respondo que é "fumo orgânico"... Alguns chegam a comentar que "é, esse faz menos mal que o outro"...
Houve tempos em que fumar um cachimbo ou um charuto era símbolo de intelectualidade ou de status social. Houve épocas em que fumar era "chique no úrtimo", bonito e charmoso. Todo artista de cinema fumava na telona, hoje só os bandidos e de mau caráter pitam...
Gosto que me enrosco de um palheiro, também chamado de lambido...


Um comentário:

  1. José Carlos de Arruda Corazza25 de fevereiro de 2012 11:09

    Não sou fumante, a fumaça não me incomoda, concordo com você de há coisas muito piores. Mas que faz mal, faz. O fumante passivo, reconheçamos, é um chato...
    José Carlos Corazza

    ResponderExcluir

Obrigado por participar, aguarde publicação de seu comentário.
Não publico ofensas pessoais e termos pejorativos. Não publico comentários de anônimos.
Registre seu nome / cidade na mensagem. Depois de digitar seu comentário clique na flechinha da janela "Comentar como", no "Selecionar perfil' e escolha "nome/URL"; na janela que vai abrir digite seu nome.
Se vc possui blog digite o endereço (link) completo na linha do URL, caso contrário deixe em branco.
Depois, clique em "publicar".
Se tiver gmail escolha "Google", pois o sistema Google vai pedir a sua senha e autenticar o envio.