sábado, 14 de fevereiro de 2015

Tribunal do Povo: debate na TV entre Prestes x Campos

Richard Jakubaszko
Na charge de Alpino as verdades do povo.
O debate, exibido no vídeo abaixo, foi realizado em 1986 na TV Educativa do Rio de Janeiro, no programa "Tribunal do Povo".
Em minha opinião, tanto Luiz Carlos Prestes (na época com 88 anos), na defesa das esquerdas, como Roberto Campos (na época com 69 anos), defendendo o capitalismo, cometem equívocos de interpretação em seus postulados. Já publiquei aqui no blog o artigo "Você é de esquerda ou de direita", em janeiro de 2008, sobre as posições políticas de cada lado ( http://richardjakubaszko.blogspot.com.br/2008/01/voc-de-esquerda-ou-de-direita.html  ), demonstrando que a política, e os políticos, ou melhor, os seres humanos, desconstroem ambas as ideologias.

A verdade é que, se o comunismo, ou o dito socialismo, sofre de mazelas mundo afora, desde antes da queda do muro de Berlim, por sua vez o capitalismo encontra-se num dilema antropofágico desde 2008, por ocasião da crise americana, que ainda hoje arrasta economias de vários países com desemprego, fome e miséria. O debate esquerda x direita, portanto, à luz da história, mostra-se estéril.

Precisamos, em verdade, reinventar o futuro da sociedade humana. 
Pra vc então, que anda sem nada pra fazer neste Carnaval, assista o debate.

.

Um comentário:

  1. Pois é , o caminho que for é de não existirmos mais sendo pela maquina ou pela nossa guerra =)

    abraço Richard

    ResponderExcluir

Obrigado por participar, aguarde publicação de seu comentário.
Não publico ofensas pessoais e termos pejorativos. Não publico comentários de anônimos.
Registre seu nome / cidade na mensagem. Depois de digitar seu comentário clique na flechinha da janela "Comentar como", e escolha "nome/URL"; na janela que vai abrir digite seu nome.
Se vc possui blog digite o endereço (link) completo na linha do URL, caso contrário deixe em branco.
Depois, clique em "publicar".
Se tiver gmail escolha "Google", pois o sistema Google vai pedir a sua senha e autenticar o envio.