sábado, 21 de março de 2009

Percepção equivocada

Richard Jakubaszko _
A Secretaria Especial de Abalos Sísmicos, pujante e tecnológica, criada e instalada recentemente em Brasília, já estava funcionando há algumas semanas e seus técnicos e especialistas sempre atentos detectaram que haveria dentro de alguns dias um abalo sísmico no sertão do Ceará.

Imediatamente despacharam alguns avisos via e-mails para a região do iminente desastre geológico. Os e-mails enviados retornaram undelivery, pois não havia computadores na região. Despacharam então concisos e objetivos telegramas a prefeitos e delegados, que dizia assim:

Urgente. Ponto. Aqui é da Secretaria Especial de Abalos Sísmicos, de Brasília. Comunicamos iminente abalo sísmico na região, com epicentro na zona do Cariri. Ponto. Suspeitamos de Escala Richter de 7,0 a 8,0 que é altamente perigosa e destruidora. Ponto. 
Recomendamos evacuação de mulheres, crianças e idosos. Ponto. 
Informem providências tomadas. Ponto. Se necessário peçam ajuda do Governo Federal”. Ponto.
_
Passaram-se dias, e nenhuma resposta.

Quinze dias depois chegou um telegrama do Cariri: _ 
Ó xente. Ponto. Obrigado pelo comunicado. Ponto. Vocês são muito bem informados. Ponto. Nós já suspeitava desses elemento. Padim Ciço nos avisou. Ponto. 
Tomamos providências com nossa eficiente políça. 
Evacuamos todas as mulheres da zona. Ponto. 
As putas reclamaram muito. Ponto. 
As crianças e velhos foi fácil evacuar. Ponto. 
Dos 7 a 8 elementos perigosos nossa polícia prendeu 5, matou 1 e outro está preso, mas epicentro confessou tudo no pau-de-arara. Ponto. 
Com esses elemento não tem direito humano. Ponto. 
Richter evadiu-se, pra lugar incerto e não sabido, está no sertão, e vai indo em direção de Brasília. Ponto. 
Cuidado com ele! Ponto. 
Ele é realmente esperto, esse cabra da peste, parece até político. Ponto. 
Não respondemo antes porque teve uma porra dum terremoto por aqui que não ficou nem alma penada de pé. Ponto. 
Apareçam pra nos visitar! Ponto.
_

Um comentário:

  1. Recebi e-mail do Odo Pimavesi, de São Carlos, SP:
    Oi, Richard!
    Isso é geral. Você diz uma coisa e o outro interpreta de acordo com seus conhecimentos.
    Nomes difíceis a gente tem que banir.
    Abraços,
    Odo
    Comentário: é verdade... que o digam Epicentro e Richter...

    ResponderExcluir

Obrigado por participar, aguarde publicação de seu comentário.
Não publico ofensas pessoais e termos pejorativos. Não publico comentários de anônimos.
Registre seu nome / cidade na mensagem. Depois de digitar seu comentário clique na flechinha da janela "Comentar como", no "Selecionar perfil' e escolha "nome/URL"; na janela que vai abrir digite seu nome.
Se vc possui blog digite o endereço (link) completo na linha do URL, caso contrário deixe em branco.
Depois, clique em "publicar".
Se tiver gmail escolha "Google", pois o sistema Google vai pedir a sua senha e autenticar o envio.