terça-feira, 16 de agosto de 2011

Portugal vai mal, com certeza.

Richard Jakubaszko
Brilhante e corajoso o discurso do Dr. Marinho e Pinto, jurista português do equivalente ao nosso Supremo Tribunal Federal, por ocasião da sessão solene do início do ano judicial português, em julho último. Nas suas críticas somente a Igreja Católica salvou-se, perante a quase miséria observada do país.

Portugal é tido como a bola da vez, na próxima e futura crise europeia. Marinho e Pinto leva à exacerbação a situação atual de Portugal, relembrando tempos de riquezas, de quando dispunham de riquezas provenientes das Índias Ocidentais ou do ouro do Brasil.
Vale a pena ver e ouvir o magistrado em seu breve discurso de 8 minutos direcionado às elites políticas, econômicas e acadêmicas de Portugal, expressa a realidade pela qual passa a nação.

_

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar, aguarde publicação de seu comentário.
Não publico ofensas pessoais e termos pejorativos. Não publico comentários de anônimos.
Registre seu nome / cidade na mensagem. Depois de digitar seu comentário clique na flechinha da janela "Comentar como", no "Selecionar perfil' e escolha "nome/URL"; na janela que vai abrir digite seu nome.
Se vc possui blog digite o endereço (link) completo na linha do URL, caso contrário deixe em branco.
Depois, clique em "publicar".
Se tiver gmail escolha "Google", pois o sistema Google vai pedir a sua senha e autenticar o envio.