sábado, 14 de abril de 2012

Dilma: é necessário proteger, incluir e preservar.

Richard Jakubaszko
Neste vídeo, gravado no Fórum de P.Alegre, realizado no final de 2011, fica clara a nova posição do Governo Federal, em relação à agenda da Rio+20, de que precisamos ter "desenvolvimento com sustentabilidade", sem as fantasias típicas do que vem sendo discutido pelos ambientalistas. Produzir energia elétrica, tendo como fontes alternativas os ventos ou a solar ainda são fantasias, por exemplo.

O recado é muito claro. Resta saber, na prática, como vai se desdobrar o discurso da presidente, de que forma conseguirá influenciar a agenda de mais um convescote verde, e qual o tamanho da resistência dos ambientalistas.

Em minha opinião, expressa em vários artigos aqui no blog, os ambientalistas deveriam abraçar a ideia de conscientizar governos, mídia e as pessoas de que devemos reduzir a velocidade do crescimento demográfico no planeta. Com 7 bilhões de bocas atualmente no planeta, para alimentar e prover, caminhamos de forma bovina para um precipício, mas a situação só irá piorar quanto mais nos aproximamos da marca dos 9 bilhões, prevista para dentro de 30 anos, no máximo. Não é possível excluir malthusianamente (ou de forma neoliberal) mais de 6 bilhões de pessoas, enquanto menos de 1 bilhão nos países desenvolvidos consomem mais de 50% de tudo o que o planeta pode nos proporcionar.
Há que se incluir gente e dividir o bolo entre todos, sem discriminações, e não de excluir, proibir e preservar tudo, como é o desejo dos ambientalistas, sejam estes europeus ou brasileiros.
Indiscutivelmente, a agenda ambientalista é perversa, é segregação pura, étnica e social, econômica e geopolítica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar, aguarde publicação de seu comentário.
Não publico ofensas pessoais e termos pejorativos. Não publico comentários de anônimos.
Registre seu nome / cidade na mensagem. Depois de digitar seu comentário clique na flechinha da janela "Comentar como", no "Selecionar perfil' e escolha "nome/URL"; na janela que vai abrir digite seu nome.
Se vc possui blog digite o endereço (link) completo na linha do URL, caso contrário deixe em branco.
Depois, clique em "publicar".
Se tiver gmail escolha "Google", pois o sistema Google vai pedir a sua senha e autenticar o envio.