segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Trump e o ambientalismo

Richard Jakubaszko 

Tão logo Donald Trump assumiu a presidência dos EUA, em questão de poucos minutos, uma página na internet, dedicada às mudanças climáticas, e que é hospedada no site da Casa Branca, foi retirada do ar. Sintomático...

Ao clicar no www.whitehouse.gov/energy/climate-change  - uma página focada para o tema ambiental e que exibia as políticas de Barack Obama no assunto, o internauta podia ler a seguinte mensagem: “The requested page “/energy/climate-change” could not be found” – ou seja,  "a página requisitada não pode ser encontrada". Hoje, voltei a clicar na página acima, mas abre já com uma sugestão de você se cadastrar, e neca de pitibiriba sobre mudanças climáticas...


Se a atitude de retirar o site do ar envolve promessas (e ameaças) feitas durante campanha eleitoral, os biodesagradáveis americanos e do mundo afora não terão vida fácil daqui pra frente. Foi uma das polêmicas da campanha de Trump, que definiu a questão das mudanças climáticas como "falsa". Eu concordo com ele, mas acho que é a única afinidade que temos.
A conferir... 
. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar, aguarde publicação de seu comentário.
Não publico ofensas pessoais e termos pejorativos. Não publico comentários de anônimos.
Registre seu nome / cidade na mensagem. Depois de digitar seu comentário clique na flechinha da janela "Comentar como", no "Selecionar perfil' e escolha "nome/URL"; na janela que vai abrir digite seu nome.
Se vc possui blog digite o endereço (link) completo na linha do URL, caso contrário deixe em branco.
Depois, clique em "publicar".
Se tiver gmail escolha "Google", pois o sistema Google vai pedir a sua senha e autenticar o envio.