quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Lula e o triplex, algo pode mudar...

Richard Jakubaszko  
Situação do processo da Lava Jato contra Lula, cada vez mais enrolada. Notícias publicadas em vários blogs dão conta de que há algo no ar, agora para reconhecer a inocência de Lula.

O grupo Globo de comunicação, que há mais de dois anos tenta a destruição do ex-presidente Lula, recuou. Em texto publicado no site da revista Época, por ninguém menos que o próprio editor-chefe da revista, afirma-se que o relatório da Polícia Federal sobre o chamado "triplex de Lula", que provocou o indiciamento do ex-presidente e da ex-primeira-dama Marisa Letícia, é fraco e sem provas.


"É fraco o relatório da Polícia Federal sobre o caso do tríplex ligado ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva", diz o texto. Segundo a análise, o relatório da PF "falha no que lhe é mais essencial: demonstrar que o caso do tríplex envolve corrupção e lavagem de dinheiro – e que Lula e os demais indiciados cometeram esses crimes."

Portanto, se os crimes não estão demonstrados, Época sugere que Lula é inocente e vai além. Diz que a denúncia do Ministério Público, a ser oferecida ao juiz Sergio Moro e que foi antecipada pelo próprio Globo, terá que ser bem mais consistente do que o relatório da Polícia Federal. "A peça dos procuradores terá de superar as fragilidades apresentadas pelo relatório final da PF. Caso contrário, a acusação terá grandes chances de ser considerada inepta – de ir para o lixo", diz o texto de Época.

A grande questão é saber por que a Globo recuou, mas há algumas hipóteses: (1) o risco de sair derrotada no golpe de 2016, com uma eventual vitória de Dilma e Lula, (2) a percepção generalizada na imprensa do mundo civilizado de que há um golpe, com a participação direta do grupo Globo, e uma caçada judicial a Lula, como foi denunciado à ONU e (3) a busca de um pacto para evitar a destruição do sistema político brasileiro, depois que líderes tucanos, como José Serra e Aécio Neves, foram atingidos por acusações bem mais sérias do que as que pesam contra Lula.
.

9 comentários:

  1. Respostas
    1. Ó luz que ilumina os caminhos dos profetas, mostrai-me os labirintos da verdade definitiva!

      Excluir
    2. Os labirintos da verdade são... labirintos. Agora, não enxergar as mentiras, é cegueira calcarina.

      Excluir
  2. Calcarina ou não, a verdade é uma só. Como estamos em lados opostos no assunto, só tenho certeza absoluta de que um de nós está errado... Curioso é que não consigo perceber nada de verossimilhança na sua opinião.

    ResponderExcluir
  3. Como é que é.
    Ainda TENTA argumentar a favor dessa Tiurma?
    Para esclarecer, não tenho nenhum CANALHA de estimação.

    ResponderExcluir
  4. Argumentar a favor? Ora, faça-me o favor; os procuradores já admitiram, o triplex é da OAS, está na lista dos imóveis empenhados pela empresa nas dívidas dela. E o juiz de 1ª instância de Curitiba, que se julga Deus, diz que é do Lula? A mídia "concorda" com o juiz de Curitiba, pois isso é uma "dobradinha", a mídia faz escândalo nas manchetes, faz um julgamento moral, você acredita na mídia partidária e engajada, e condena um inocente (pelo menos desse crime). Que justiça é essa no Brasil? A gente anda lendo nos jornais... Ela é política e partidária, e parcial. E a democracia? Afundou! Estamos numa ditadura midiática e judicial, acredita nisso? Só "eleições diretas já" nos salva dessa ditadura!

    ResponderExcluir
  5. Gurde os Seus canalhas de estimação com a Sua "democracia". Acho que a sua cegueira realmente não está no sulco calcarino, mas no lobo temporal, é Afásica.

    ResponderExcluir
  6. Ora, o tamanho que está a "COISA", e você vem falar que não, ele não roubou a maçã da arvore do vizinho.

    ResponderExcluir
  7. Prestes, acho que você está com afasia, realmente, é difícil compreender a sua comunicação, parece um troll... E tá no escuro, sem rumo, com muito ódio, né? Deve ser excesso de leitura de jornais e muita TV.

    ResponderExcluir

Obrigado por participar, aguarde publicação de seu comentário.
Não publico ofensas pessoais e termos pejorativos. Não publico comentários de anônimos.
Registre seu nome / cidade na mensagem. Depois de digitar seu comentário clique na flechinha da janela "Comentar como", no "Selecionar perfil' e escolha "nome/URL"; na janela que vai abrir digite seu nome.
Se vc possui blog digite o endereço (link) completo na linha do URL, caso contrário deixe em branco.
Depois, clique em "publicar".
Se tiver gmail escolha "Google", pois o sistema Google vai pedir a sua senha e autenticar o envio.