quarta-feira, 31 de outubro de 2012

STJD e o absurdo: é vergonhoso legalizar o ilegal.

Richard Jakubaszko
Cadê a moral, a decência, o bom senso? Somos, afinal de contas, a assumida república da piada pronta? Se ficou claro que o gol palmeirense foi feito com a mão, o que é ilegal, apesar de o juíz não ter visto, agora vai se tentar legalizar o ilegal, através do pressuposto de que utilizou-se de uma ilegalidade (imagens da TV) para validar a decisão judicial? Parece a Satiagraha, todo mundo viu na TV o vídeo do preposto do Daniel Dantas tentando subornar um delegado da Polícia Federal, mas não valeu porque o vídeo não era legal e nem autorizado...

Ora, ora, onde estamos? Ah, sim, no país da piada pronta, onde o desespero por obter uma vantagem, por pequena que seja, permite qualquer ação ou desculpa, e todo recurso é válido.

O Barão de Itararé tinha razão ao criar a sugestão de constituição para o Brasil, de uma única lei e um parágrafo, onde dizia que "Todo brasileiro deve ter vergonha na cara", e a ressalva paragrafada: "Revogadas todas as disposições em contrário".
Ô raça!
A foto saiu no Yahoo!, mas não tinha crédito do fotógrafo.
http://br.esporteinterativo.yahoo.com/blogs/futebol-cinco-estrelas/stjd-anula-jogo-entre-internacional-e-palmeiras-235911703.html

4 comentários:

  1. O problema aí é que existem duas ilegalidades. Além do gol de mão, a interferência externa. Regra é regra. Se está errada, é bizarra, enfim, mude-a, mas não podemos suprimi-la.

    ResponderExcluir
  2. Gerson Contreras Politi2 de novembro de 2012 11:12

    O curioso é que entre as duas ilegalidades tenta-se anular (convenientemente...) a decisão soberana do juíz, ao cancelar o gol, com base na suposta interferência externa, esta não comprovada, tudo por causa da paixão futebolística... Ora, não foi a primeira vez, e nem será a última que um juíz de futebol comete erros (se é que cometeu, nesse caso...); o que está comprovado é que o tal juíz "não assistiu o lance do gol de mão na TV", e isso é o que determina a regra, proibindo essa interferência externa. Sabemos que os juízes de futebol estão sempre pressionados para tomar decisões, daí as simulações dos jogadores.
    Uma pândega o choro dos palmeirenses...

    ResponderExcluir
  3. Isso virou um balaio de gatos, hein?
    Esse jogo tem que ser anulado, a menos que a óbvia e flagrante interferência do delegado da partida seja ignorada.
    Fico impressionado com o surto de moralismo explícito que de repente surgiu no futebol brasileiro.
    E viva a defesa popular da justificação dos meios pelos fins.














    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Emerson,
      engraçado, anular por quê? É tudo muito conveniente... O gol, fato que está provado, foi com a mão. O juiz não viu TV alguma, isso também está provado... Qual foi a ilegalidade pra anular o jogo? O fato do juiz voltar atrás na decisão dele? Ora, isso acontece em muitos jogos...
      Richard (colorado, sim, que mal há nisso?)

      Excluir

Obrigado por participar, aguarde publicação de seu comentário.
Não publico ofensas pessoais e termos pejorativos. Não publico comentários de anônimos.
Registre seu nome / cidade na mensagem. Depois de digitar seu comentário clique na flechinha da janela "Comentar como", e escolha "nome/URL"; na janela que vai abrir digite seu nome.
Se vc possui blog digite o endereço (link) completo na linha do URL, caso contrário deixe em branco.
Depois, clique em "publicar".
Se tiver gmail escolha "Google", pois o sistema Google vai pedir a sua senha e autenticar o envio.