segunda-feira, 8 de março de 2010

O sabor do saber


por Jorge Luis Borges

“Se os textos lhes agradam, ótimo. Caso contrário, não continuem, pois a leitura obrigatória é uma coisa tão absurda quanto a felicidade obrigatória."
_

2 comentários:

  1. Nossa, no ano passado, comecei a ter nada menos que trinta livros -- ao longo do ano, claro-- e, para minha tristeza, quando cheguei ao final do ano, não havia concluído a leitura de nenhum. Agora, lendo essa frase do Borges, acalmei a minha alma. Não sabia que andava tão seletiva quanto aos textos. Obrigada, Richard.

    ResponderExcluir
  2. Luiz Paulo Gimenez6 de março de 2011 16:43

    Temos um dos piores índices de leitura de livros em todo o planeta. Muitos dos leitores têm o problema de ser analfabeto funcional, lê, mas não entende...
    Luiz Paulo

    ResponderExcluir

Obrigado por participar, aguarde publicação de seu comentário.
Não publico ofensas pessoais e termos pejorativos. Não publico comentários de anônimos.
Registre seu nome / cidade na mensagem. Depois de digitar seu comentário clique na flechinha da janela "Comentar como", no "Selecionar perfil' e escolha "nome/URL"; na janela que vai abrir digite seu nome.
Se vc possui blog digite o endereço (link) completo na linha do URL, caso contrário deixe em branco.
Depois, clique em "publicar".
Se tiver gmail escolha "Google", pois o sistema Google vai pedir a sua senha e autenticar o envio.