domingo, 19 de dezembro de 2010

Fotos de FoodScapes

Richard Jakubaszko
FoodScapes
O fotógrafo britânico Carl Warner produziu uma série de fotografias fantásticas (utilizando apenas alimentos para formar os seus cenários), que designou por "foodscapes".
Estas "foodscapes" [expressão que resulta da união das palavras food (alimentos) e landscape (paisagem)], mostram cavernas marinhas, florestas, montanhas, praias ao pôr do sol e até rios e cachoeiras, usando apenas alimentos comuns, tais como, frutos, legumes, queijos, etc.

O fotógrafo já é conhecido na vizinhança de sua casa, em Kent, Inglaterra, por passar horas na quinta, procurando os melhores legumes para compor os seus cenários.
Para realçar o seu aspecto tridimensional, as fotos são feitas sobre mesas de 1,2 por 2,4 metros. Além disso, elas são registadas em "camadas", para evitar que os alimentos murchem antes de conseguir a foto final.

"Eu gosto do modo como os pequenos aspectos da natureza se parecem com os grandes", diz Carl Warner.

Este é um trabalho notável, não só do aspecto fotográfico, mas essencialmente do aspecto artístico de elaboração e composição dos cenários.

Os ingredientes comestíveis nesta cena rural, incluem um carrinho feito de fatias de lasanha, campos de macarrão, e nuvens de mozzarella. As árvores são feitas com pimentão, salsa e manjericão. Ao fundo, no monte, um pequeno povoado feito de queijo.















Nesta floresta, as árvores são feitas de brócolos, com ervilhas penduradas e as estradas são pavimentadas com cominho. O jardim é feito de ervas e as montanhas são feitas com pão. Nuvens de couve-flor adornam o céu.















No interior desta caverna marítima, existem diversos mariscos apetitosos. As "rochas" são feitas de pão, mas, no fundo do mar, elas são feitas de couve-flor. O pequeno barco é uma vagem de ervilha.








 O mar vermelho desta praia, ao "pôr do sol", é feito de fatias de salmão. As batatas e o pão formam as rochas. Um barquinho feito com vagem de ervilha completa o cenário.















As casas de queijo com toldos de macarrão, vendem tomates, azeitonas, amêndoas de casca, e outros legumes e verduras. As pedras feitas de pão formam esta ruela, com céu azul e nuvens brancas feitas de mozzarella.


















Interior de uma casa rural com muitas verduras e legumes. Da janela podem avistadas casas feitas de queijo, sendo também de queijo as cortinas da janela e a toalha da mesa.


















À primeira vista nem nos apercebemos de que as montanhas são feitas de pão… também as pequenas pedras são feitas de fatias e de miolo de pão.
A casinha é feita com queijo.














Para terminar esta viagem através dos "foodscapes" de Carl Warner, um cenário montanhoso com neve. O trenó, feito com biscoitos do tipo grissini, está já carregado com pedaços de presunto e pronto para ser puxado através dos trilhos de neve feitos com fiambre e mortadela, deslizando por entre as árvores feitas de fatias de bacon e rochas feitas com pão.





















 

Os trabalhos do fotógrafo inglês Carl Warner me lembram da obra de Giuseppe Arcimboldo, pintor italiano renascentista, que viveu entre os séculos XV e XVI, e que inovou pintando pessoas formadas pela composição de legumes, frutas, verduras e flores. Vejam abaixo 3 quadros (óleo sobre tela) de Arcimboldo:


Um comentário:

  1. José Carlos de Arruda Corazza, Belo Horizonte19 de dezembro de 2010 17:40

    Richard,
    o Archimboldo foi um gênio, não tenha dúvida, mas o fotógrafo inglês é bem criativo também.
    José Carlos

    ResponderExcluir

Obrigado por participar, aguarde publicação de seu comentário.
Não publico ofensas pessoais e termos pejorativos. Não publico comentários de anônimos.
Registre seu nome / cidade na mensagem. Depois de digitar seu comentário clique na flechinha da janela "Comentar como", no "Selecionar perfil' e escolha "nome/URL"; na janela que vai abrir digite seu nome.
Se vc possui blog digite o endereço (link) completo na linha do URL, caso contrário deixe em branco.
Depois, clique em "publicar".
Se tiver gmail escolha "Google", pois o sistema Google vai pedir a sua senha e autenticar o envio.