sábado, 5 de novembro de 2011

Aviões pulverizando alumínio? Por quê?

Richard Jakubaszko 
Tem alguma coisa errada! Aliás, muito errada! A denúncia feita num documentário exibido pela TV americana em outubro último é aterradora: aviões comerciais de empresas aéreas americanas estão pulverizando permanentemente nanopartículas de alumínio, algo como milhões de toneladas, em todo o território americano e em todas suas rotas internacionais.

Existem teorias conspiratórias estranhas, como a mentira de que o planeta está aquecendo (o que é a minha opinião), mas essa história de pulverizar alumínio ultrapassa todos os limites, até porque não é negada. 
O vídeo abaixo é estarrecedor. 

Os comentários de Gerson Machado, vindos lá da Inglaterra, onde se encontra a trabalho, pois é mineiro, apicultor e ambientalistaengenheiro biomédico e empreendedor, com doutorado em microeletrônica aplicada em engenharia biomédica e telecomunicações, comentarista contumaz aqui do blog, e que agora se torna "repórter e correspondente internacional" deste espaço midiático de debate, e foi quem me enviou o vídeo abaixo, exibido a seguir; pois Gerson resume a opinião e algumas dúvidas de cientistas, que se espalharam pela Europa inteira sobre as razões e objetivos dessa mega-operação de pulverizar alumínio em quase que o planeta inteiro.
Realmente, tem alguma coisa de muito errada acontecendo, é melhor a gente deixar as barbas e as orelhas de molho, e ficarmos muito atentos. Somos nós que iremos pagar essa conta depois.


O que eles estão vaporizando no Mundo? - What in The World are They Spraying? (2010) Legendado PT from MDDVTM TV5 on Vimeo.


Por Gerson Machado
Documentário O QUE ELES ESTÃO PULVERIZANDO NO MUNDO "What in the world are they spraying?"
Para divulgação - este documentário é sobre 'rastros químicos' ou “chemtrails” e sobre a indústria chamada geo-engenharia por aerosol, conduzida por cientistas, empresas e governos, com o objetivo de identificar potenciais mudancas das condições climáticas, potencialmente reduzindo o aquecimento global. O documentário identifica vários fatores preocupantes, como falta de informação para o público, falta de pesquisa pública sobre efeitos em humanos, plantas e animais, alteração da composição química do solo e da água causando impacto global. Não é conhecida a razão precisa desta iniciativa, sobre quem está pagando por isso, além do governo americano, mas sabe-se que a implementação é internacional. 


A tecnologia tem sido usada para transformar um dia claro e ensolarado em um dia com céu nublado, e isso é motivo de preocupação por várias razões, desde os tipos de materiais sendo pulverizados e sua clara toxicidade (o alumínio acidifica os solos e a água, causa Alzheimer, por exemplo), bem como impactos ambientais mundiais muito além das áreas pulverizadas, e ainda redução da fotossíntese, da formação de vitamina D3 (o que enfraquece o sistema imunológico).

Nanopartículas de alumínio, bário e estrôncio, foram identificadas, causando alteração do Ph e flora do solo, enfraquecimento de árvores, poluição de água com concentração de alumínio 61 vezes maior que os limites máximos permitidos na Califórnia, aumento da incidência de doenças neurológicas e outros problemas, sem falar dos problemas que nem sequer são conhecidos ainda. 

A pergunta, a partir deste ponto, passa a ser: por que alguém estaria fazendo isso e sem debate público ou político em tantos paises? O filme mostra um simpósio internacional acontecido na Bélgica em 2010, com acadêmicos do mundo todo querendo uma resposta (procure no Google Videos "Belfort group international symposium" e veja links abaixo) que apresenta algumas teorias:

1 - para combater o aquecimento global (ver, a propósito, o anúncio http://mexico.cnn.com/planetacnn/2011/11/03/un-glaciar-de-800-kilometros-cuadrados-se-desprende-en-la-antartida-nasa), para destruir a competitividade da indústria de alimentos orgânicos, forçando o uso de uma patente americana para plantas resistentes ao alumínio;
2 - para controlar telecomunicações;
3 - para causar ou evitar-e-causar acidentes ambientais; 
4 - para trabalhar como parte do projeto HAARP no Alasca, e muitas outras hipóteses. 

O foco, entretanto, é em provar, com várias fontes de evidências, que o programa já é nocivo e destrutivo para os seres humanos, plantas e animais, não importando qual a teoria específica possa ou não ser verdadeira e isso é usado como um convite para ação mundial cobrando uma posição de políticos e governos.

Dizem no filme que "estamos fazendo o trabalho que a polícia e o governo deveriam estar fazendo" para descrever aqueles que estão trabalhando ativamente para chamar a atenção para esta questão. Os cineastas incentivam a fazer cópias do filme para fins de divulgação e de forma a ajudar a sensibilizar a população mundial para a questão ambiental criada pelo projeto de chemtrails.
 
Ver também

CHEMTRAIL SYMPOSION - 29/05/2010
International Symposion The illegal spraying of harmful substances in the atmosphere by airplanes, also known as chemtrails: THE TRUTH
http://www.belfort-group.eu/blogs/post/9
Case Orange Report
http://www.ustream.tv/channel/belfort-test
CHEMTRAIL SYMPOSION - 29/05/2010
http://www.ustream.tv/recorded/7304674
chemtrail symposium, afternoon part 2
http://www.veoh.com/watch/v20184037T2rJRTkq
Int. Chemtrail-Symposium @ University of Ghent 29th May 2010
Saturday, May 29th 2010 - International Symposium 'The illegal spraying of harmful substances in the atmosphere by airplanes, also known as 'Chemtrails''. @ University of Ghent, Belgium Producer: Belfort Group ( Website: http://belfort-group.eu )
http://www.youtube.com/watch?v=EBZxqbU7bPk
chemtrails and HAARP, an academic's view
http://www.google.co.uk/#q=belfort+group+international+symposium&hl=en&safe=off&prmd=imvns&source=lnt&tbm=vid&tbs=dur:l&sa=X&ei=T6C1TpjTFMyd-waLnYGFBg&sqi=2&ved=0CAkQpwUoAw&bav=on.2,or.r_gc.r_pw.,cf.osb&fp=3a5f6c4e58cfa504&biw=1366&bih=610
_

10 comentários:

  1. Richard,
    até concordo que a denúncia tem certa procedência, mas os aviões a jato sempe deixam esse rastro. O problema é que você dá espaço para um ambientalista, e o cara diz que é "para destruir a competitividade da indústria de alimentos orgânicos, forçando o uso de uma patente americana para plantas resistentes ao alumínio".
    Piada, né?
    Thiago Meirelles, Londrina

    COMENTÁRIO DO BLOGUEIRO:
    Thiago, acho que no fundo temos de ser todos ambientalistas. Achei a denúncia procedente, e não censuro ninguém, o espaço aqui no blog é de debate, capisce?

    ResponderExcluir
  2. Thiago Meirelles
    Todo mundo já viu os rastros brancos deixados por aviões a jato. Há os que se estendem por cerca de 10x o tamanho do avião e que são meras trilhas de vapor dos motores a jato e há os que se estendem de horizonte a horizonte, eventualmente transformando o céu em uma nuvem artificial. A questao é quem está fazendo isso desde 1990, com que materiais, porquê e como a humanidade vai monitorar os impactos ambientais. A geo-engenharia conduzida em boa parte em segredo por cientistas, empresas e governos com a suposta intenção de pesquisar mudanças climáticas globais, controlar o tempo ou influenciar telecomunicações para fins militares ou civis tem por consequência direta a alteração indesejada da composição química do solo e da água quando tudo isso é supostamente feito para o "aperfeiçoamento da humanidade". Embora as autoridades insistam que esses programas estão apenas em fase de discussão, quem ver o filme verá que a evidência é abundante sobre programas multinacionais nos países da OTAN e outros (envolvendo grandes empresas) em curso desde cerca de 1990 com efeitos devastadores para as culturas (orgânicas ou não), fauna, pureza da água e saúde humana. Óbviamente o que se faz na estratosfera nao fica em apenas um país. Estamos sendo pulverizados ilegalmente com substâncias tóxicas sem o nosso consentimento e os governos e empresas envolvidos, como demonstrado no simpósio na Universidade de Ghent na Bélgica em 2010 organizada pelo Belfort Group estão mentindo para o público sobre isso (ver documento Orange Report de 328 páginas http://saive.com/BELFORT.html). Não confundam os dois tipos de rastros deixados por aviões a jato e antes de fazer críticas tolas tenham a decência de investir o tempo necessário para ver de onde partem as hipóteses mostradas no filme... Aos 1h07min mostra-se a hipótese que pode impactar toda a produção organica mundial, veja a patente da Universidade de Cornell em Ithaca NY Patente 7582809 (1ro de setembro de 2009) em favor do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos e EMBRAPA!
    SDS
    Gerson Machado

    ResponderExcluir
  3. Já havia assistido ao documentário anteriormente e passei a observar um pouco os céus. Não demorou muito e fiz algumas fotos com o celular nos céus de Campinas, São Paulo. Isto tudo me preocupa pois há um ar de conspiração nisto tudo... Veja http://www.mediafire.com/?124mlhhtlpm1u17 . Minhas fotos estão armazenadas aí em arquivo comprimido. Há algo errado com certeza!

    ResponderExcluir
  4. aqui em goiás, fiz um trajeto no dia 9-03-2012 entre as cidades de goiania,pires do rio, ipameri e caldas novas e vi 7 aviões a jato, sobrevoando e vaporizando um material branco formando nuvens que se estendia por varios quilometros, eles ligavam e depois desligavam a puverização, provando que a fumaça nao era das turbinas e sim puverizações. tentei ligar para a força aerea de anapolis-go, para que pudessem me explicar o fato, pois eles controlam o espaço aereo desta região, mas nao consegui falar.

    ResponderExcluir
  5. Rio de Janeiro 29 e julho de 2012, 15 horas um avião em altura muito superior a normal passou deixando um rastro grande de "fumaça" branca, por mim talvez passaria como "normal" não fosse o fato de o mesmo avião fazer retornos enomes para cobrir mais area.

    ResponderExcluir
  6. Desde 2013 venho acompanhando esta denuncia de CHEMTRAILS, primeiro pela internet depois ao vivo quando percebi que estavam também borrifando os céus da cidade onde atualmente estou morando, Castro e região,Pr. Só depois que descobri a Estação X, consegui as cápsulas por consignação e tenho dois dispositivos, é que a atmosfera por aqui e pela região próxima ficaram mais úmidas e menos carregada de ionização Positiva, ventilando mesmo com a descarga de CHEMTRAILS, que é muito mais que nanopartículas de aluminio, Com tantas antenas de celulares e Estações Radio Base ERBs, para 4G, com as descargas de radiações do sol em intensidade e a Anomalia Magnética do Atlantico Sul onde nosso escudo de força magnética está diminuido, fora HAARPS e outras aterrorizantes experiencias nazóide-científicas, precisamos incentivar muito mais Estações X pelo território brasileiro, e urgente! Heráclito de Efeso, 400 a.C.: ouvindo apressados e divididos assemelham-se a surdos; o ditado lhes concerne: presentes estão ausentes...

    ResponderExcluir
  7. abram os olhos e vejam que o final dos tempos ja esta a porta e q os ilumites que sao maconicos e estao com seus planos se comcretizando por isso digo vejam sobre os objetivos dos iluminates e verao e entenderao tudo isso ai


    ResponderExcluir
  8. Actualmente estå a acontecer no norte de portugal.

    ResponderExcluir
  9. olhem ao redor do sol,com uma proteção que voces irão arrepiar os cabelos....

    ResponderExcluir
  10. https://search.wikileaks.org/?query=rastro+quimico&exact_phrase&any_of&exclude_words&document_date_start&document_date_end&released_date_start&released_date_end&new_search=True&order_by=oldest_document_date#results

    ResponderExcluir

Obrigado por participar, aguarde publicação de seu comentário.
Não publico ofensas pessoais e termos pejorativos. Não publico comentários de anônimos.
Registre seu nome / cidade na mensagem. Depois de digitar seu comentário clique na flechinha da janela "Comentar como", no "Selecionar perfil' e escolha "nome/URL"; na janela que vai abrir digite seu nome.
Se vc possui blog digite o endereço (link) completo na linha do URL, caso contrário deixe em branco.
Depois, clique em "publicar".
Se tiver gmail escolha "Google", pois o sistema Google vai pedir a sua senha e autenticar o envio.