domingo, 6 de novembro de 2011

Não faça o que eu faço (EUA)

Richard Jakubaszko 
"Não faça o que eu faço, faça o que eu digo. Obedeça, que assim nós não descemos o cacetete em você". Esta é a lei americana e do mais puro neoliberalismo que tem sido infligido aos humanos de todo o planeta, de acordo com os interesses econômicos e conforme as conveniências políticas. As cenas são do povo americano, nos EUA. Cenas chocantes com a polícia americana, mas eles são os xerifes do mundo. O resto é mentira... (E isto não tem nada a ver com o povo americano, nem com a maioria das empresas, que não se generalize a crítica, mas o seus sucessivos governos). Julgue você, pelo que vai assistir. E que se cuidem os iranianos, porque vem chumbo grosso pela frente...

_

3 comentários:

  1. Me parece que o movimento/sentimento anti EUA está meio "demodê". Se acharmos que o modelo "ianqui" não serve, então devemos apontar onde está outro melhor, perfeito, certo e correto. Agora, de minha parte, tenho medo de mísseis atômicos a mercê de fundamentalistas fanáticos, desumanos, irresponsáveis e imprevisíveis. Fernando Penteado Cardoso

    ResponderExcluir
  2. Pois eu acho que o modismo de achar que os EUA são o que há de melhor já deveria estar no passado. Os EUA, como se vê nos vídeo, só têm falsos discursos, além de falsas acusações, a começar pelas armas de destruição em massa do Iraque... E acho que não devemos substituir, nem procurar outro, pois as alternativas são todas ruins, a começar pelos chineses... Acho que sem xerifes seria bem melhor...

    ResponderExcluir
  3. Recebo e-mail do Dr. Fernando Fenteado Cardoso, com ponderações ao meu exagero no comentário acima, quando coloco no conceito "só" todo o peso da crítica. Dr. Fernando, agora falou o mestre. Concordo consigo, retiro o "só" (antes de "têm falsos discursos"), do comentário acima. O Senhor tem toda a razão. Porém, atente para a ressalva que fiz, no texto principal, que a crítica era aos governos, excluindo-se o povo e até mesmo muitas empresas. Assim, a crítica foi feita - e a mantenho - aos governantes dos americanos.

    ResponderExcluir

Obrigado por participar, aguarde publicação de seu comentário.
Não publico ofensas pessoais e termos pejorativos. Não publico comentários de anônimos.
Registre seu nome / cidade na mensagem. Depois de digitar seu comentário clique na flechinha da janela "Comentar como", no "Selecionar perfil' e escolha "nome/URL"; na janela que vai abrir digite seu nome.
Se vc possui blog digite o endereço (link) completo na linha do URL, caso contrário deixe em branco.
Depois, clique em "publicar".
Se tiver gmail escolha "Google", pois o sistema Google vai pedir a sua senha e autenticar o envio.