segunda-feira, 9 de junho de 2014

São Paulo em vídeo, de 1943

Richard Jakubaszko  
O vídeo abaixo foi produzido pelos americanos, em 1943, no estilo ufanista da época (que se estendeu até os anos 1970), tempos em que os americanos nos puxavam o saco desbragadamente, enquanto Getúlio Vargas fazia caras e trejeitos de donzela, ameaçava, mas não cedia.

O vídeo me foi enviado pelo amigo Daniel Strutenskey de Macedo, saudoso de tempos que não voltam mais. São Paulo já era populosa, e mostrava sua riqueza e prosperidade. 
Interessante no vídeo, a observar, a Avenida Paulista, que ainda não exibia nenhum prédio. Aparecem bondes, carros e ônibus da época (ainda em plena II Guerra Mundial, é bom lembrar), e o Viaduto do Chá ensolarado, sem carros...
.

6 comentários:

  1. Legal o vídeo, e curioso também, americanos nos estudando, nos filmando e nos elogiando,queria saber se dar pra por legenda, pois meu inglês é muito ruim.

    ResponderExcluir
  2. Anderson,
    lamentavelmente não é possível. Quando há legendas em inglês, e que possam ser traduzidas, o Youtube faz aparecer um retângulo pequeno, no rodapé, ao lado do logotipo deles. Nesses casos é clicar no retângulo e procurar tradução para português.

    ResponderExcluir
  3. Obrigada por compartilhar este vídeo inesquecível conosco.

    Dzyan

    ResponderExcluir
  4. Belo vídeo,Richard. Conheci São Paulo pela primeira vez no ano de 1973, retornando posteriormente algumas vezes. Naquela época, o trânsito já era tumultuado e a cidade já se tornara imensa! Vendo as imagens , especialmente da avenida paulista, fico triste em ver que tantas belas residências tiveram que ser destruídas para dar lugar aos edifícios feiosos e enormes da atualidade. Acho que todos nós , brasileiros, perdemos muito da nossa história, restando apenas lamentar a selva de pedra em que a cidade se transformou. Pena, pois desenvolvimento não significa destruição desenfreada de edificações anteriores que retratavam a alma de uma cidade...O que aconteceu a São Paulo nas décadas de 40, 50, 60, e seguintes, vem acontecendo com a minha cidade , João Pessoa, que está se verticalizando de uma maneira assustadora e com projetos de edifícios simplesmente, horrorosos, sem nenhuma beleza, verdadeiras caixas de concreto e gaiolas onde as pessoas se acham felizes presas o dia inteiro vendo TV...

    ResponderExcluir
  5. Belo vídeo,Richard. Conheci São Paulo pela primeira vez no ano de 1973, retornando posteriormente algumas vezes. Naquela época, o trânsito já era tumultuado e a cidade já se tornara imensa! Vendo as imagens , especialmente da avenida paulista, fico triste em ver que tantas belas residências tiveram que ser destruídas para dar lugar aos edifícios feiosos e enormes da atualidade. Acho que todos nós , brasileiros, perdemos muito da nossa história, restando apenas lamentar a selva de pedra em que a cidade se transformou. Pena, pois desenvolvimento não significa destruição desenfreada de edificações anteriores que retratavam a alma de uma cidade...O que aconteceu a São Paulo nas décadas de 40, 50, 60, e seguintes, vem acontecendo com a minha cidade , João Pessoa, que está se verticalizando de uma maneira assustadora e com projetos de edifícios simplesmente, horrorosos, sem nenhuma beleza, verdadeiras caixas de concreto e gaiolas onde as pessoas se acham felizes presas o dia inteiro vendo TV...

    ResponderExcluir
  6. Daniel Strutenskey de Macedo9 de junho de 2014 21:09

    Olá Richard. É interessante ver São Paulo de terno, chapéu e gravata. Mais ainda é ver o americano elogiando a gente. É claro que havia o interesse de divulgar otimismo mostrando um parceiro forte e progressista aliado de guerra contra os nazistas. Isto alimentava a crença na vitória e na força do capitalismo. Quando morei lá, durante uma semana a TV anunciava que mostraria o Brazil, com z, o grande gigante da América Latina. Eu, então saudoso do rincão e querendo mostrar aos colegas da escola que o meu país era grande e importante, aguardava ansiosamente o programa ir ao ar. Quando finalmente foi ao ar eles mostraram as favelas do Rio, o carnaval e as filas de pobres esperando as cestas distribuídas pela Aliança pelo Progresso. São uns filhos da puta!
    Daniel

    ResponderExcluir

Obrigado por participar, aguarde publicação de seu comentário.
Não publico ofensas pessoais e termos pejorativos. Não publico comentários de anônimos.
Registre seu nome / cidade na mensagem. Depois de digitar seu comentário clique na flechinha da janela "Comentar como", e escolha "nome/URL"; na janela que vai abrir digite seu nome.
Se vc possui blog digite o endereço (link) completo na linha do URL, caso contrário deixe em branco.
Depois, clique em "publicar".
Se tiver gmail escolha "Google", pois o sistema Google vai pedir a sua senha e autenticar o envio.