quarta-feira, 15 de setembro de 2010

O Globo entrevista taróloga

Richard Jakubaszko
Na ausência de balas de prata, na falta de factoides para denunciar, sem a existência de erros crassos na campanha de Dilma Roussef, a oposição segue sem propostas. O fim está próximo, a derrota se aproxima acelerada, a menos de 3 semanas. Os adeptos de Zé Serra andam cabisbaixos e sorumbáticos...

A grande mídia, que apoia a candidatura de Zé Serra, tenta empurrar e apoiar, tal e qual alguns conhecidos e folclóricos aloprados, a candidatura tucano-demista, e ataca pelas bordas... Agora há mais uma tentativa, meio sem nexo, até mesmo engraçada, que revela um aparente raciocínio lógico e cartesiano, porém desfocado, de baixo nível, rasteiro, eis que O Globo entrevista uma taróloga, uma figura conhecida dos cariocas, e serve ao leitor e eleitor uma pérola de notícia, uma "opinião abalizada", uma antevisão futurista, e é como se afirmasse nas entrelinhas: "olha, não vota na Dilma porque ela vai brigar com o Lula um mês depois de eleita, e aí será ela quem vai mandar, não o Lula".
Na minha modesta opinião, jornalismo medíocre de uma imprensa engajada.
Tinha razão Pulitzer, quando disse:  "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta, formará um público tão vil como ela mesma."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar, aguarde publicação de seu comentário.
Não publico ofensas pessoais e termos pejorativos. Não publico comentários de anônimos.
Registre seu nome / cidade na mensagem. Depois de digitar seu comentário clique na flechinha da janela "Comentar como", no "Selecionar perfil' e escolha "nome/URL"; na janela que vai abrir digite seu nome.
Se vc possui blog digite o endereço (link) completo na linha do URL, caso contrário deixe em branco.
Depois, clique em "publicar".
Se tiver gmail escolha "Google", pois o sistema Google vai pedir a sua senha e autenticar o envio.