sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Dieta da batata baixa pressão e não engorda

Richard Jakubaszko
Volta e meia aparece uma boa notícia, mas a imprensa quase nada divulga. As notícias preferenciais são as ruins, as que indicam catastrofismo.
Pois essa é uma boa notícia, mas vejam lá, prestem atenção, é batata cozida, e não frita, e tem de consumir com casca.

Gosto mais da variedade chamada Barraka, é aquela que não se pode lavar, apenas escovar, para tirar o excesso de terra. É boa também a batata rosa, chamada Asterix, tem excepcional valor culinário, ao contrário das batatas lisas que o mercado prefere, como Monalisa e Ágata, estas são lindas, mas com sabor isopor, em minha opinião. A Bintje, uma excepcional variedade, é ótima batata, mas hoje em dia tem sido pouco plantada no Brasil, porque apresenta baixa produtividade e tem um custo de produção muito mais caro.

A informação abaixo foi enviada por Silvia Nishikawa, da TRIS Agronegócios, lá de São Gotardo, MG, onde planta batatas, cenouras e outras coisas mais, e está sendo comemorada efusivamente pelo Natalino, diretor da ABBA, Associação Brasileira de Batata, que fica em Itapetininga, SP. Os cientistas ainda vão descobrir, minha gente, que batata é também carboidrato, mas isenta de calorias e é alta fonte de vitamina C, rica em sais minerais e é energética. Portanto, comamos batata!
Curiosidade: sou alérgico ao consumo de Bintje, me causa sinusite. 

Dieta da batata baixa pressão e não engorda, afirma pesquisa
TERRA BRASIL
Pense numa refeição com batata e provavelmente ela será associada a um prato calórico que pode comprometer sua silhueta. Pois assim como o café, chocolate e outros itens que ganharam status de benéficos à saúde, um estudo colocou a batata como o novo superalimento.
Uma pesquisa da Universidade Scranton, no estado da Pennsylvania (EUA), apontou que o tubérculo ajuda a baixar a pressão arterial e sem o efeito de colaborar com o aumento de peso.

Os participantes do levantamento consumiram duas porções de batatas, no almoço e no jantar, como integrante de suas dietas usuais. A maioria deles estava obesa e controlava pressão arterial por meio de medicamentos.
Após um mês, os índices de pressão de todos haviam caído significativamente, mais do que seria possível pela ação dos remédios. E, segundo informações divulgadas pelo jornal inglês Daily Mail de quinta-feira (1/9), nenhum deles engordou.

Segundo o pesquisador Joe Vinson, os resultados foram possíveis porque os voluntários consumiram o alimento sem a adição de óleo, manteiga, condimentos e outros itens calóricos. As batatas usadas eram pequenas e foram comidas com a casca, que reúne as substâncias que ajudam a regular a pressão sanguínea.
_

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar, aguarde publicação de seu comentário.
Não publico ofensas pessoais e termos pejorativos. Não publico comentários de anônimos.
Registre seu nome / cidade na mensagem. Depois de digitar seu comentário clique na flechinha da janela "Comentar como", no "Selecionar perfil' e escolha "nome/URL"; na janela que vai abrir digite seu nome.
Se vc possui blog digite o endereço (link) completo na linha do URL, caso contrário deixe em branco.
Depois, clique em "publicar".
Se tiver gmail escolha "Google", pois o sistema Google vai pedir a sua senha e autenticar o envio.