quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Kung fu moderno

Richard Jakubaszko
Percorre a internet e as redes sociais, tal e qual um buscapé enlouquecido, a problemática contemporânea dos jovens inexperientes:

Um aluno de kung fu pergunta ao mestre:
– Mestre, por que minha habilidade no kung fu não evolui e eu sempre sou vencido?
E o mestre, pensativo, com toda a paciência responde:

– Meu querido gafanhoto, você já viu as borboletas voando, flamejantes, pelo sol poente?
– Sim, meu mestre, eu já vi. Adorei…


– E uma cachoeira derramando-se sobre uma pedra sem tirar nada do seu devido lugar?
– Sim, meu mestre, já presenciei. É lindo…


– Então, e a lua… Quando toca a água calma de um lago, refletindo toda sua enorme beleza?
– Sim, meu mestre, também já observei este maravilhoso fenômeno.


– Esse é o seu problema… Você fica vendo essas veadagens aí e não treina!


ET: Não te parece, caro leitor, que estamos rodeados de gafanhotos?
.

Um comentário:

  1. Um pensamento idêntico , mas oposto ao de Kung Fu é o famoso testemunhal do na época imbatível golfista Tigger Woods -
    " Não sei porque , mas quanto mais eu treino , mais sorte eu tenho "....

    ResponderExcluir

Obrigado por participar, aguarde publicação de seu comentário.
Não publico ofensas pessoais e termos pejorativos. Não publico comentários de anônimos.
Registre seu nome / cidade na mensagem. Depois de digitar seu comentário clique na flechinha da janela "Comentar como", no "Selecionar perfil' e escolha "nome/URL"; na janela que vai abrir digite seu nome.
Se vc possui blog digite o endereço (link) completo na linha do URL, caso contrário deixe em branco.
Depois, clique em "publicar".
Se tiver gmail escolha "Google", pois o sistema Google vai pedir a sua senha e autenticar o envio.