sexta-feira, 7 de maio de 2010

Corporações, o novo inimigo público nº 1.

Richard Jakubaszko
O mundo moderno criou as corporações. Estas têm como objetivo fundamental o domínio completo do setor ou segmento em que atuam, mas às vezes extrapolam suas áreas de atividades. Instinto de sobrevivência.
Os acionistas (e os executivos) das corporações não concordam com o que se convencionou chamar de concorrência, e nem admitem a expressão "livre mercado". Um dos muitos instrumentos para a dominação é o monopólio de patentes registradas. Em outros momentos a construção de imagens distorcidas, através do marketing e das relações públicas, pois representam imagens projetadas pelo próprio público, que são divulgadas de forma massacrante através da mídia, com o objetivo de conquistar consumidores

A seguir está o primeiro de uma série de 24 vídeos, com 6 minutos cada um, fazem parte de um documentário canadense, foi veiculado na TV americana, e agora está ancorado no Youtube. Analisa a atuação das corporações e sua conectividade com as comunidades, por momentos de forma ingênua. Por vezes, é assustador o poder conquistado por algumas transnacionais, muito maior do que a de alguns países que compõem o conhecido grupo do G20.

Uma das conclusões a que cheguei, após assistir os vídeos, é a de que atingimos o limite do bom senso em termos de crescimento demográfico. Enquanto nascerem tantos consumidores como atualmente, os incentivos para o consumismo irão continuar. Consumismo que irá exterminar o planeta, da mesma forma que um formigueiro extermina tudo ao seu redor.
Assistam os vídeos, garanto que não é possível permanecer indiferente, apesar da ingenuidade dos denunciantes, alguns deles ambientalistas, outros com almas de socialistas, mas ativistas primários, outros simplesmente anti-capitalistas, e quase todos com questionamentos interessantes, de certa forma com alguma razão ao apontar os problemas e consequências, apesar de errados nas premissas e nas causas. Em alguns casos relatados, culpar as corporações, como se pretende no documentário, chega a ser hilário. 
Mas, assim caminha a humanidade.

OBS. Os vídeos, todos numerados, irão aparecer na telas após o término de cada exibição, bastará clicar nos mesmos para obter a sequência correta do documentário. Se a tela estiver grande (impedindo a leitura das legendas), clique com o botão direito do mouse na parte inferior da moldura, depois em "mostrar tudo" e a tela ficará em tamanho menor, mas com total visibilidade.

_

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar, aguarde publicação de seu comentário.
Não publico ofensas pessoais e termos pejorativos. Não publico comentários de anônimos.
Registre seu nome / cidade na mensagem. Depois de digitar seu comentário clique na flechinha da janela "Comentar como", no "Selecionar perfil' e escolha "nome/URL"; na janela que vai abrir digite seu nome.
Se vc possui blog digite o endereço (link) completo na linha do URL, caso contrário deixe em branco.
Depois, clique em "publicar".
Se tiver gmail escolha "Google", pois o sistema Google vai pedir a sua senha e autenticar o envio.